sábado, 30 de janeiro de 2016

Textos antigos e novos. Endereço mudado


Imagens: Pessoais

Escrevo aqui para informar aos sobre(viventes) que acompanham os textos, dicas (livros, músicas, filmes, enfim...), reflexões e tudo que está aqui no blog, que o "Diário de uma Sobrevivente" passou a existir em um novo endereço aqui na web.

Trata-se de um novo espaço feito com muito carinho e vida nova para vocês que, hora ou outra, dão uma passadinha por aqui. Agradeço aos que leem e gostam do "Diário", e espero que continuem acompanhando no novo endereço. Um beijo e um abraço especial a cada um de vocês. Até já!

Novo endereço do "Diário de uma Sobrevivente" (Ainda em manutenção!): www.diariodeumasobrevivente.com.br 

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Eu e você... Não sente?


Imagens: Tumblr


Ela sempre desejou viver uma história parecida com aquelas que tanto ouvimos falar. Conhecer alguém bacana, se apaixonar e, de quebra, não amar sozinha. Claro. Quando há reciprocidade se multiplica a felicidade e se vive a realidade. 

Não quer mais se alimentar de ilusões. Toda vez que esperava escutar uma declaração, só ganhava decepção. Não quer mais se envolver e enxergar demais uma simples relação... De amizade. De cumplicidade.

Sempre a melhor amiga para todas as horas. Aquela que nunca vai embora, mesmo que a vida a espere do lado de fora. Ela fica, te faz companhia e te anima. E você? Retribui da mesma forma e desabafa sobre suas próprias desilusões amorosas. Ela é toda ouvidos e te apoia, mesmo que por dentro tudo desabe. Você não enxerga o que está bem na sua frente: uma verdadeira e rara joia. A única que realmente se importa... Com você? Não vê?

É uma rotina complicada e dolorida, que pouco cicatriza. Ser amiga de quem e por quem o coração mais vibra. Estar presente e sentir a mente ausente, já que nada funciona direito quando os olhares se trocam e os sorrisos escancaram o real sentimento da gente. Você sente? 

Mas ela espera que um dia a visão dele mude. Que o preto e branco, ou o apático cinza, ganhe cor e vida. Enquanto isso, ela tenta com outros passageiros parceiros. Enquanto isso, ele mergulha em garotas incompatíveis e mais acessíveis.

Porém uma dúvida paira: se ele almeja um namoro com sabor de amor e amizade, por que não nota a oportunidade? Tem ao lado tudo o que deseja. Alguém que o compreenda e fique com ele, onde quer que esteja.

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Vigiados. Julgados. Apontados


Imagens: Tumblr


Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é...  (Caetano Veloso)
Cada um sabe a alegria e a dor que traz no coração...  (Titãs)

Cada um sabe. (Ou ainda vai saber). Mas é incrível, e por vezes irritante, sempre surgir uma segunda e terceira opiniões julgando conhecer e reconhecer quem somos e o que fazemos. Ou devemos ser e/ou fazer. Quando será que isso vai acabar? Quando vão nos deixar realmente viver e respirar?

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Minha menina sensível


Imagens: Tumblr


"'Minha menina sensível'. Ele sobe e desce os dedos pelas minhas costas, e o modo com que diz isso faz meu coração acelerar. Ser chamada de 'minha menina' me deixa muito mais feliz do que deveria."

(Trecho retirado do livro: "After - Depois da Verdade")

domingo, 24 de janeiro de 2016

Alguém que conheça os nossos "nadas"


Imagens: Tumblr


Às vezes, a gente só precisa de alguém que conheça os nossos "nadas", e que não vá embora. Mesmo que nossa boca peça. Mesmo que nossos olhos e todo o resto por dentro implore para que fique. Alguém que nos conheça. Alguém que nos mereça.

sábado, 23 de janeiro de 2016

Totalmente e desgovernadamente descom(passado)


Imagens: Tumblr


O cabelo anda desarrumado. A vida, emaranhada. As pessoas, (aparentemente e, por vezes, cruelmente) desapegadas. Mas o meu coração permanece à espera e não muito controlado. Um pouco ansioso e um tanto pisoteado e desajeitado. Porém permanece aqui, batendo por você de um jeito só dele. Totalmente e desgovernadamente descompassado. Surpreendentemente esperançoso e animado... Ainda. Acredita?

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Dica de Leitura: "Quase Uma Rockstar" (Matthew Quick)


Imagens: Tumblr


O que é ser uma Rockstar para você? É ser uma estrela do rock e "carregar a responsabilidade" de arrastar multidões e legiões de fãs enlouquecidos por onde passa? Sim. Pode ser. Mas nessa obra, Matthew Quick (também autor de "O Lado Bom da Vida") nos mostra em palavras, sentimentos e verdades expostas que ser uma Rockstar não é bem por aí. Quer se surpreender e, talvez, se identificar? Conheça mais, então, de "Quase Uma Rockstar".


Sinopse: Amber Appleton tem 17 anos, está no ensino médio e mora em um ônibus. Desde que o namorado da mãe as expulsou de casa, Amber, a mãe e Bobby Big Boy, seu leal vira-lata, estão acampados no Amarelão, o transporte escolar que a mãe de Amber dirige.
Apesar de as coisas não estarem boas para o seu lado, Amber, que se autoproclama Princesa da Esperança, se recusa a desistir. Em vez disso, ela concentra todas as energias em ajudar as pessoas à sua volta: incluem-se aí a mãe alcóolatra, os amigos estranhos e excluídos, o Padre Chee e as Divas Coreanas por Cristo, uma octogenária cega e pessimista e um veterano de guerra solitário que escreve haicais.
Mas quando uma tragédia faz seu mundo desabar por completo, Amber não consegue mais enxergar a vida com os mesmos olhos.
"Quase Uma Rockstar" trata-se de um universo de risadas, lealdade e esperança. Esse mundo é o palco de Amber, e ela... Bem, ela é quase uma rockstar.


Imagens: Internet


Impressão Particular: Saber que você irá encontrar em um livro um universo repleto de esperança e ao mesmo tempo as verdades que muitos de nós passamos, como: perdas, desânimo, solidariedade, pessimismo, mãos estendidas ao próximo, chances de uma vida melhor, aprendizados custosos, fazer pelos outros o que devemos fazer por nós mesmos, enfim... Quando uma história mexe com você ao ponto de questionar sua própria realidade, vai se tornando uma leitura gratificante e enriquecedora. Não momentaneamente, mas para uma vida inteira.
Amber, em resumo, é uma representante de muitos de nós. Que às vezes carrega em si toneladas de esperança, mesmo quando está rodeada de motivos para desistir. Mesmo caindo e demorando para voltar à margem, ressurge de forma iluminadora e renovada, pois sabe que a vida continua. 

Postagens populares

Faça Parte!

Search